quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Tatianna Raquel Podcast Episódio Especial: "2014 se vai, mais um que voou…"

Olá, gente! Fala Tatianna Raquel e este é o meu podcast, aqui neste blog. Cada quinzena um assunto diferente pra você ficar bem informado no que rola por aí (acompanha também a versão em áudio, disponível em Mp3 para baixar e escutar no iPod Touch, no iPhone ou no Tablet. O episódio desde podcast é especial, espero que gostem. 
Bom divertimento! 

O ano de 2014 se foi, mais um que voou. Foi um ano em que passamos por altos e baixos e também por poucas e boas, mas ainda assim um ano em que descobrimos coisas boas e melhores e as tendências em geral. 
Foi quando aquele Hiryu Tsurugi tentou passar o resto da minha vida comigo, mas não aceitei e dei um fora nele em pleno Facebook porque sabia que ele não seria um cara certo pra mim. 
E foi aí que me tornei a Lou/Pink Flash, a imagem de uma guerreira terrestre criada em Pink Star (Rosea Adamas) do planeta Flash, distante 17 anos-luz daqui - e perto da estrela Altair, que todo Tananata cruza a Via-Láctea pra encontrar sua estrela amada, Vega. Aprimorei a temática das estrelas, "Perseguindo Sonhos", pra fundir as 2 coisas: as estrelas e as histórias tanto fabulosas quanto urbanas. E foi no que eu fiz.
Apesar do meu tablet apresentar um problema causado pelo WhatsApp que não mais uso, resolvi sair de lá do grupo: como uma guerreira Pink Flash. Pra aprimorar minha imagem de Lou/Pink Flash, fomos ao Bairro da Liberdade 3 vezes. Descobrimos os costumes do Japão por lá. O Tanabata. A sakura. O Sōran Bushi, vindo de Hokkaidō. A comida oriental. O kimono e a jaqueta matsuri oriental que comprei na Liberdade em São Paulo. O taikō e o shamisen. O enka e o kayōkyoku. Foi naquela mesma ocasião - e a partir do meu 36º aniversário - que, através da música enka, conheci um cara certo (e o Príncipe do Enka) pra ser meu amigo de todas as horas: o cantor Kiyoshi Hikawa. (Ele é maravilhoso.) E a minha amiga Lou não está sozinha, nem eu estou só: já temos nosso grande amigo do peito pra valer! 
E queríamos mais, muito mais: também queríamos ser uma sereia, como no conto de Hans Christian Andersen, A Pequena Sereia, que me serviu de exemplo pra isso: via site d'O Boticário, fiz minha sereia: de cabelo castanho-avermelhado, tiara-coroa de princesa, âncora tatuada no braço e pulseira de pérolas. Tatuei a sereia e não demorou muito para que eu adquirisse a coleção Intense Sereias Urbanas (a coleção que eu tenho comigo). Também aderi o visual náutico - do jeito que Kiyoshi usava no clipe da canção Abayo - e descobri a canção de 1984, Ostavaysya, Mal'chik, s Nami!, que 30 anos depois ganhou uma versão minha em português, toda cantada por mim: a famosa Príncipe, Fique Comigo!, lançada de 30 de setembro a 1º de outubro de 2014 (e que até hoje faz sucesso no Brasil). Foi, é e pra sempre será um sucesso! 
2014 foi pra mim um ano de muitas conquistas, e espero que 2015 seja um ano de conquistas e realizações também! 


Baixar podcast em Mp3 pelo 4shared


Baixar podcast em Mp3 pelo Mediafire


Baixar todos os episódios da primeira temporada do podcast em Mp3 pelo MEGA