segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Saudação vulcana: saiba o que é isso!


A saudação vulcana é um gesto de mão que consiste de uma mão levantada, palma para a frente com os dedos entreabertos entre o meio e o dedo anelar e o polegar estendido. Muitas vezes, a famosa frase: "Vida longa e próspera", é dita depois. A saudação foi criada e popularizada por Leonard Nimoy, que eternizou o vulcano Sr. Spock na série Jornada nas Estrelas: A Série Clássica no fim dos anos 60.

A saudação vulcana surgiu pela primeira vez em 1967 no primeiro episódio da segunda temporada de Jornada nas Estrelas, Tempo de Loucura (Amok Time). O famoso gesto tem uma reputação de ser difícil para algumas pessoas a fazer sem a prática ou o pré-posicionamento secreto dos dedos, e atores na série original teria tido posicionar seus dedos fora da tela com a outra mão antes de levantar sua mão em moldura. Essa reputação pode decorrer de variações da fina habilidade manualmente motora. Esta reputação é tão parodiada no filme Star Trek: First Contact, quando Zefram Cochrane, ao conhecer um Vulcano pela primeira vez na história da humanidade, é incapaz de devolver o gesto de saudação vulcana e, em vez disso dá o aperto de mão vulcana.



Na autobiografia dele, Eu não sou Spock (1975), Nimoy escreveu que ele baseou na bênção sacerdotal realizada pelos kohanim judeus com ambas as mãos, polegar a polegar nessa mesma posição, o que representa a letra hebraica Shin (ש), que tem três movimentos ascendentes semelhantes à posição do polegar e dedos na saudação. Aqui a letra Shin significa Shaddai, que significa "Todo Poderoso (Deus)". Nimoy escreveu que quando ele era criança, seu avô o levou a uma sinagoga ortodoxa. Lá ele viu a bênção realizada e ficou muito impressionado por ela. (O mesmo é citado em sua autobiografia seguinte, Eu sou Spock, de 1995.)


A bênção acompanhada que o acompanha, "Vida longa e próspera" (Dif-tor heh smusma em vulcanês como falado em Jornada nas Estrelas: O Filme), também apareceu pela primeira vez em "Amok Time", escrita por Theodore Sturgeon. A resposta menos conhecido é "Paz e vida longa." Este formato é semelhante à saudações médio-orientais comuns (Salaam alaykum em árabe e em hebraico Shalom Aleichem), significando "a paz esteja com você", e sua resposta, "você esteja com a paz". Uma variação ainda mais antiga pode ser encontrada com os antigos egípcios: a bênção do ankh wedja seneb, normalmente traduzido como "que viva, se prospere, seja saudável." A peça Romeu e Julieta de Shakespeare contém a linha, "Viva e se prospere: e adeus, bom companheiro."

Fonte: Wikipédia


Leonard Nimoy explica a origem da saudação vulcana (cortesia do Greater Talent.com) (veja no You Tube)




E também:






Eu falando da saudação vulcana criada e popularizada por Leonard Nimoy enquanto leio o trecho do livro Eu Sou Spock (1995) que fala da origem desse gesto que vem dos kohanim (sacerdotes judaicos) e cuja frase "Vida longa e prospera" eh dita depois - e que os fãs de Jornada nas Estrelas aprendem com o Sr. Nimoy - e o vulcano Sr. Spock - até hoje. (Desculpem o erro no fim do video, eu disse "arroba" em lugar de "ponto", mas tudo bem!):