domingo, 14 de julho de 2013

Contadora de histórias

Tatianna Raquel 

Eu ouvi muitas histórias de contos de fadas há muito contadas pela tia,
Eu aprendi a escrever histórias seis anos depois de eu ter aprendido,
Eu comecei a contar minhas histórias para as meninas até 12 anos,
Eu viajei o mundo todo sem sair de casa,
Eu fiz desse nova-iorquino um historiador, muito além do arco-íris,
Eu descobri a doce pérola da ostra do mar,
Eu acompanhei a Guerra no Golfo Pérsico com a Embaixatriz de Amel e Sua Alteza o Príncipe de Lazínia,
Eu achei um tesouro em plena linha de Nazca,
Eu fui buscar na Terra do Sol Nascente o poder do Mar Celestial,
Eu obtive o Prisma Flash oriundo das estrelas,
Eu desfrutei do ritmo tropical em pleno lugar ibero-caribenho,
Eu redescobri uma simples canção há muito perdida,
Eu vi um milagre acontecer em Washington,
Eu ouvi o cantar de uma melodia de uma soprano lírica nos Países Baixos,
Eu sonhei tantos sonhos e vi um mundo de fantasia,
Eu tirei fotos de três amigas de cinco tipos físicos e raças diferentes,
Eu naveguei pelos oceanos em busca de uma ilha ao sol,
Eu nadei sem roupa no mar azul a luz da lua em plena Era de Aquário,
Eu conheci em minha história alguém pra ser minha cara-metade, 
Eu andei pela Rua Mário Carpenter e continuo andando em busca de um anjo,
Eu encontrei a lendária fênix nos olhos de uma garota e nos olhos de Jin,
Eu brinquei com os golfinhos sob o sol da Flórida,
Eu encontrei um pergaminho pascal na Terra Santa de Israel,
Eu fui a Suécia e encontrei na Chiquitita algo que me fizesse uma menina,
Eu vivi momentos de puro encanto natalino em Rovaniemi, Lapônia Finlandesa,
Eu celebrei a chegada de um novo ano na Samoa Oeste em pleno Pacífico,
Eu vi em Cape Town os nativos redescobrindo o hip hop,
Eu descobri a esmeralda preciosa na Amazônia,
Eu olhei pra estrela cadente e fiz pedidos de montão,
Eu me encantei com o encanto e a magia das mil e uma noites no Oriente Médio,
Eu recebi a flor Carollove dos anjos do Senhor Deus,
Eu descobri na Rússia o pássaro da felicidade,
Eu combinei o dó-ré-mi com os acordes melódicos do meu piano,
Eu fiz de tudo citado acima minhas relíquias que eu guardo comigo no meu coração,
E hoje faço histórias que eu lhes conto em plena era da internet.
E quando alguém me pergunta a última questão:
"Quem você acha que é além disso?",
Minha resposta é imediata:
"Sou mais que isso tudo: uma contadora de histórias."