quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Tatianna Raquel Podcast Episódio 54: "Itoshi no Te Quiero & Otokobana (Single version): a resenha!"

Olá, gente! Fala Tatianna Raquel e este é o meu podcast, aqui neste blog. Cada quinzena um assunto diferente pra você ficar bem informado no que rola por aí (acompanha também a versão em áudio, disponível em Mp3 para baixar e escutar no iPod Touch, no iPhone ou no Tablet). 
Bom divertimento! 








DIRETO DO JAPÃO! É a primeira vez na história desde "Abayo" e "Kiyoshi no Sōran Bushi" (ambos de 2007) que o cantor Kiyoshi Hikawa, 38 anos, acaba de lançar ontem seu novo trabalho, só que dessa vez com 2 músicas num só CD-single. Trata-se de "Itoshi no Te Quiero" (愛しのテキーロ Itoshi no tekīro; que significa "Te quiero de amor") e a versão do single (single version) de "Otokobana" (男花 Otokobana; tradução literal "Flor cavalheiresca") - essa última, aprimorada e remixada com regência, que eu vou contar mais adiante - , duas músicas num só single! Vamos conferir a resenha de cada uma delas? 








"ITOSHI NO TE QUIERO"
Uma das músicas rhythm-kayō com toque de um som de um doce violão espanhol. Esta fala de um romance tórrido de dois amantes, que se amam e sentem na pele o calor do desejo ardente - num clima suntuoso e mais sedutor (conforme o compositor YORI e o letrista descrevem na letra da música) e à espanhola ("Te quiero" significa em espanhol "eu te amo", o mesmo que "I love you" em inglês). 
No clipe da canção, Kiyoshi Hikawa banca o amante sedutor esperando sua amada e arrasa com o ritmo e muita sedução num clima mais sedutor nas mais belíssimas cenas e cenários estonteantes e suntuosos, em tons vermelho (a maior parte foi filmada no estúdio principal do Studio AS no Japão, durante a noite). É uma música que vai envolver o ouvinte - e o clipe mais romântico de fazer seu coração pegar fogo! 

Itoshi no Te Quiero (Clipe musical)





Versão do álbum (vide screenshots):







Versão do single (vide screenshots):






"OTOKOBANA (SINGLE VERSION)"
Composição de Akira Umehara e Hiroko Umefuji, "Otokobana" retrata a imagem de um homem cheio de atitudes: como ele adora a brisa do mar, ele não tem nada a perder, vai seguindo a direção certa e mostra que quem aposta em pleno jogo, tem que ganhar.
Nos dois clipes da mesma música (ambas filmadas em duas praias rochosas diferentes junto ao mar - a versão do álbum e a versão do single), Kiyoshi veste um conjunto azul com preto com capa-detalhe esvoaçante bicolor de second-skin (na segunda versão o conjunto preto com prata com capa-detalhe esvoaçante preta de second-skin e assim por diante) para interpretar ora um J-rockstar do mar, ora um enka-rockstar e assim sucessivamente - isto é, um homem da brisa do mar (conforme descrevo) que mostra ter garra e muita força na improvisação musical - nas duas possíveis versões. Cenários maravilhosos junto ao mar, tons de azul que contrasta entre uma cena e outra e cenas pra lá de espetaculares fazem das duas versões da mesma "Otokobana" uma música que cria um clima rítmico (a batida do taikō pode ser ouvida do início ao fim), criando uma atmosfera em tons de azul que todo espectador vai ver. Dois clipes da música foram filmados com 2 meses de diferença (a versão do álbum e a versão do single). "Otokobana" se tornou a segunda música do mesmo single a partir daí e esta vai encantar qualquer pessoa que goste de música.

Otokobana (Single version) (Clipe musical)







Para saber mais sobre Kiyoshi Hikawa e seu novo trabalho, acesse: http://columbia.jp/hikawa