sexta-feira, 17 de abril de 2015

Tatianna Raquel Podcast Episódio 43: "Nos bastidores de Contando Histórias"

Olá, gente! Fala Tatianna Raquel e este é o meu podcast, aqui neste blog. Cada quinzena um assunto diferente pra você ficar bem informado no que rola por aí (acompanha também a versão em áudio, disponível em Mp3 para baixar e escutar no iPod Touch, no iPhone ou no Tablet. 
Bom divertimento! 

Contando Histórias, meu mais recente CD/digital de música, é lançado no dia 17 deste mês. O álbum digital consiste de seis faixas e mais uma faixa-bônus (duas músicas são da minha autoria). O mesmo álbum terá edições posteriores (a maioria internacionais) a serem adicionados. Confira, faixa a faixa, as sete músicas que eu gravei durante 5 meses e 15 dias e mais 4 a serem futuras faixas-bônus especiais para as edições seguintes.

01. "PRÍNCIPE, FIQUE COMIGO! (Оставайся, мальчик, с нами!)
Do curta de animação Mar azul, espuma branca… ("В синем море, в белой пене.."; Armenfil'm, 1984)
Letra de Robert Saakyants 
Música de Robert Amirkhanyan 
Versão lusófona: Tatianna Raquel


Originalmente uma música-tema de um curta de animação armênio de língua russa (e ex-soviético) Mar azul, espuma branca (В синем море, в белой пене.., 1984), a música do cantautor armênio Robert Amirkhanyan, "Garoto, fique com a gente!" (título original em russo: "Оставайся, мальчик, с нами!"), que era na voz da dubladora-cantora Anait Kanachyan (no papel da Filha do Rei do Mar), fez sucesso na Armênia e (até este dia) na Rússia e CEI, nas vozes de diferentes artistas, como o grupo As Rainhas ("Korolyova" em russo), Gulya, Grupo Domisol'ka, entre outros. (Há quem diga que a canção seja uma alusão à valorização ao dinheiro e poder na Rússia.) Demorou 30 anos para que a música armeno-russa chegasse ao Brasil, mas finalmente obtive, em tempo real, uma canção que de ekstrada virasse dance-pop que virasse rhythm-kayō (リズム歌謡). Assim eu gravei e mixei a música (Take 1) em 31 de agosto de 2014 e depois fiz o clipe. Tudo ás pressas, porque no dia seguinte, 1º de setembro, daquele mesmo ano, o clipe foi postado no YouTube. Não demorou muito e logo depois o clipe já tinha milhares de acessos (até este momento tem mais de 76 mil acessos) e devido ao sucesso do clipe (e do download digital do primeiro take), regravei o segundo take - e a edição de colecionador - dessa música, dessa vez "oficial". A canção "Príncipe, fique comigo", cuja alusão é o relacionamento amoroso (neste caso, um namoro que termina em casamento, como nos contos de fadas), também é sucesso inesperado no Japão (vamos torcer para que ela seja um hit por lá!). Este é o segundo take, visto sendo a versão definitivamente "oficial".

02. VOCÊ EM MINHA RECORDAÇÃO
Letra e música de Tatianna Raquel

Primeira música que eu compus, Você em minha recordação fala sobre o cotidiano de uma pessoa que guarda bons momentos com ela e os compartilha com seus amigos, e não somente do dia-a-dia de cada um. É também uma canção da minha autoria que me marcou a estreia como cantautora.

03. LIVRE ESTOU (Let it go)
Do filme de animação Frozen (Walt Disney Pictures, 2013)
Letra e música de Kristen Anderson-Lopez e Robert Lopez
Versão lusófona: Félix Ferrá


Quando eu escutei Demi Lovato cantar Let it go no meu Mp3 Player, pensei: "De qual filme veio essa música, meu Deus?" Frozen: Uma Aventura Congelante (Frozen, 2013) era a resposta imediata. A música fala da Rainha Elsa de Arendelle (irmã de Anna), uma rainha com poderes glaciais que, sendo vítima do medo que a controla, foge de Arendelle (situado nos fjordes da Noruega) para a montanha gelada onde ela faz um "reino de isolamento" para a própria (mas só um ato de amor verdadeiro poderá aquecer o coração). Não demorou muito e logo regravei a versão lusófona brasileira (escrito por Félix Ferrá, representando o Brasil). (A canção Let it go tem inúmeras versões em vários idiomas mundo afora.)

04. ERA UMA VEZ…
Letra e música: Álvaro Socci e Cláudio Matta

Em 1997, a cantora Sandy gravou (junto com seu irmão, Junior Lima) a música Era uma vez…, especialmente para a novela das 6 com o mesmo título (Toquinho também colaborou com eles). Fiquei lisonjeada com essa música que fala de como transformar conto de fadas com final feliz em realidade que, 18 anos depois, fiz a cover dela.

05. ELE SONHA, EU SONHO
Letra e música de Tatianna Raquel

Quando eu vi no Facebook e no Instagram que Queli Soares, uma amiga minha, estava dizendo que vive sonhando com o príncipe encantado (como Masaharu Yamashita no caso dela ou o Capitão do Tokkei Winspector ou Solbrain no caso da Flávia, dona do grupo Apaixonados por herois), eu respondi, em mente: "Se Queli sonha com Masaharu, eu sonho com Kiyoshi. E se Kiyoshi sonhar comigo, por que não eu sonhar com ele também?". Isso me levou a compor uma canção que fala de como cada um sonha "do jeito de cada um deles" (no meu caso eu é que sonho com um príncipe que eu sempre desejei). O resultado foi a música "Ele sonha, eu sonho". Gravei a música em menos de um dia e fiz a mixagem em Santos. 

06. AQUARELA
Letra e música de Toquinho, a partir do poema de Maurizio Fabrizio e G. Morra; tradução de Vinicius de Morais

Hit inesquecível do cantautor Toquinho (Antonio Pecci Filho, 1946-) em 1983, "Aquarela" teve mais duas versões (incluindo a versão italiana) e até virou tema do anúncio da linha de lápis de cor Faber Castell em meados dos anos 80. (Toquinho e Vinícius eram amigos até a morte do poeta em 1980.) Também foi destaque da novela Carrossel (2013, dirigida por Íris Abravanel). Me encantei por essa música, não resisti e regravei minha versão, visto sendo umas das minhas mais belas performances da MPB dos dias atuais.

07. A ESTRELA (Звезда)
Letra de Vitas e Dmitry Plachkovsky
Música de Vitas
Versão lusófona: Tatianna Raquel

(Bonus track)

A estrela (Звезда), composta por Vitas e Dmitry Plachkovsky em setembro de 2002, foi gravado pelo próprio cantautor, ator e fashion designer russo-letão Vitas em 2003 (o clipe foi filmado em Moscou e produzido na Rússia). A música fez tanto sucesso em todo o território russo que, nos anos seguintes, faria sucesso também na China e teria versões regravadas por outros cantores (uma delas era Zui Chen, a Dieforsing, que a regravou em 2008, mas que não fez tanto sucesso em países internacionais). Em 2009, a pedido de minha mãe, gravei minha versão em português da canção A estela (Take 1). No ano seguinte, 2010, gravei o take 2 da mesma música. O clipe da música (Take 2) foi postado no dia do meu 33º aniversário, 19 de julho de 2011, e fez tanto sucesso que, entre outubro e novembro (primavera sul-americana) do mesmo ano, 2011, regravei o take 3: a minha versão definitiva. A estrela (gravação de 2011), aprimorada digitalmente para este CD/digital quatro anos depois do feito, é a faixa bônus. 

Faixas-bônus internacionais a serem adicionadas

I LOVE YOU
Letra e música: Yutaka Ozaki
Versão anglófona: Deborah Gibson

(Bonus track para os EUA e Japão, Dia dos Namorados no Brasil e K-Mart)

O cantautor japonês Yutaka Ozaki compôs e gravou I love you em 1983 para o álbum de estreia Jū-nana-sai no Chizu (O mapa de dezessete anos de idade, 1983). A música só foi sucesso em 1991 (quando lançado em CD), tanto que no mesmo ano a cantautora estadunidense Deborah Gibson regravou a sua versão anglófona para I love you, que fez sucesso mais ainda. Yutaka, infelizmente, faleceu em abril de 1992 aos 26 anos. Ainda assim várias versões foram feitas até agora. Em 2005, o cantor japonês Kiyoshi Hikawa apresentou I Love You (composição de Yutaka Ozaki) e sua apresentação no Kiyoshi Kono Yoru foi bem sucedida que, em março de 2015, Kiyoshi repetiu a dose: apresentou I Love You, dessa vez ao vivo no KayōConcert (NHK Hall) e a performance dele foi bem vista por milhões de telespectadores. De acordo com o blogueiro J-Canuck do blog Kayōkyoku Plus, Yutaka Ozaki não está mais entre nós, mas é ótimo que haja artistas como Kiyoshi Hikawa que continuam prestando homenagem à ele. Como sou fã brasileira (e sul-americana) de Kiyoshi Hikawa, tenho a oportunidade de cantar a canção romântica, só que anglófona (a mesma que Debbie tinha feito), de todo o coração pra vocês. Me aguardem!

ANGEL
Letra e música de Jerry Burns e Sally Herbert
(Bonus Track para o Reino Unido e países da União Europeia)

"Angel", hit de Sarah Brightman no fim de 2012,  já se tornou um hit não só nos países da União Europeia como a Alemanha, mas também na Oricon do Japão, e é destaque do seu CD Dreamchaser (2013), que antecipou o dia em que nossa diva vai cantar na Estação Espacial Internacional para a equipe da Soyuz (o que de fato está pra acontecer ainda este ano). Eu tenho essa música (em CD e digital) e espero cantar ela toda - também para os europeus - a respeito de um anjo celeste e sua "descrição" (mas só na letra!) 

ATÉ O CÉU (Мне бы в небо) 
(Dueto com Vitas)

Letra e música de Vitas e André Pokútni
(Bonus track para a Rússia e CEI)

Em 2013, eu escutei e vi em vídeo a belíssima performance de Vitas e Xenona cantando Мне бы в небо (Até o céu) e, quando dei por mim, recebi uma boa notícia: disseram que eu faria um dueto com Vitas na mesma canção! Foi aí que eu participei do concurso "Seu Dueto com Vitas" e não foi preciso muito tempo para que meu vídeo com a música ganhasse um prêmio especial justamente no dia de seu 34º aniversário: o céu azul que acabei de presenteá-lo depois do nosso dueto em tempo real! Regravado e mixado ás pressas entre janeiro e fevereiro de 2013, é um dos meus "duetos virtuais" favoritos já feitos sem sair do país. A versão reeditada será digitalmente aprimorada neste CD/digital, especialmente para a Rússia e CEI.

A ESTRELA DO CÉU (満天の瞳 Manten no Hoshi)
(Dueto com Kiyoshi Hikawa)
Letra de Yuka Murayama
Música de Akihiro Ohtani

(Bonus track para o Japão)

Manten no Hoshi (kanji: 満天の瞳), cujo título significa "A Estrela do Céu", é uma canção rhythm-kayō que é um hit de Kiyoshi Hikawa em 2013. Contrastando com a anterior de 2002 "Hoshizora no Akiko" (que significa "Akiko do céu estrelado), que fala do romance em várias cidades como Genkai-nada e Sakurajima (Província de Kagoshima), "Manten no Hoshi" segue o mesmo tema: dessa vez fala de um romance apaixonante entre um homem e uma mulher mais além das estrelas num clima de celebridade. Kiyoshi canta: "Quando a estrela do céu os encontrar, um homem e uma mulher se juntarão um ao outro." (Tradução do japonês) O que você nota é a união do casal sob o céu estrelado e noturno. Gostei da letra e da música - tanto que minha intenção é cantar com Kiyoshi num "dueto virtual" (mesmo que seja meu grupo vocal de 3 ou 4 vozes minhas, sobrepostas, junto com 2 ou 3 vozes sobrepostas dele) e me divertir como nunca com ele num belíssimo dueto. Japão, cruze os dedos: quem sabe Kiyoshi e eu, a gente faz um dueto um com o outro na Edição Japonesa… Mas enquanto espera, tem muita lenha pra queimar! 

Bem, agora que vocês prestaram atenção nas notas sobre as músicas e as outras 4 a serem futuramente editadas em digital, agora é baixar meu CD em Mp3 e escutá-la do início ao fim! 


Baixar podcast em Mp3 pelo 4shared

Baixar podcast em Mp3 pelo Mediafire

Baixar todos os episódios da primeira temporada do podcast em Mp3 pelo MEGA